domingo, 21 de agosto de 2011

Google adquire divisão de celulares e tablets da Motorola por US$ 12,5 bi

Aquisição permitirá ao site de busca controlar a plataforma de hardware, de fabricação de smartphones, além do software usado nos aparelhos.

O Google anunciou nesta segunda-feira (15) a maior aquisição da história da empresa ao concordar em pagar US$ 12,5 bilhões para comprar divisão de celulares e tablets da Motorola.

A principal razão para a o negócio é reforçar o Google na guerra mundial de patentes. A empresa agora terá o controle de mais de 17 mil patentes relacionadas à telefonia móvel que a Motorola possui.
video


Pela internet, o especialista em tecnologia, Chris Hazelton, diz que há duas vantagens em ter um enorme portfólio de propriedade intelectual: a primeira é que se uma concorrente quiser usar, ela terá que pagar; a outra é a barganha.
"Talvez entre as milhares de patentes - como um aplicativo de celular, por exemplo, pode haver algum que seja interessante para a Apple - que por sua vez pode oferecer ao Google uma de suas ideias registradas", diz Chris.
A aquisição também vai permitir ao site de buscas - mais popular do mundo - controlar a plataforma de hardware, de fabricação de smartphones, além do software usado nos aparelhos. Isso aumentará a sua participação na telefonia móvel.
No último trimestre o android, foi o campeão de vendas em todo o mundo: 49% contra 19% da principal concorrente, a Apple.
A diferença é que o sistema do Google pode ser rodado em celulares de várias marcas - diferentemente do software da Apple - que é exclusivo do iPhone.
Mas o negócio pode criar tensão com outros fabricantes de celular, que também usam o android. De parceiro, o Google seria visto como rival, segundo analistas, pois poderia priorizar a Motorola no lançamento de novas versões do sistema.
O Ceo do grupo, Larry Page, disse, em nota, que o android continuará sendo uma plataforma livre e a Motorola Mobility será administrada como se fosse uma empresa separada. Uma tarefa difícil, segundo analistas.
fonte: www.globo.com